VOLTAR

Projeto apoiado pelo TFCA reforça Espeleoturismo

Funbio - http://www.funbio.org.br
17 de mar de 2014

"Em uma caverna nada se tira a não ser fotografias, nada se deixa a não ser pegadas e nada se mata a não ser o tempo." Esse é o lema internacional da espeleologia, uma atividade de aventura que explora cavernas, grutas, lapas (lages ou pedras que formam abrigos), em caráter recreativo, com finalidade turística. Porém, alguns turistas vêm utilizando estas práticas de forma abusiva, quebrando, pichando ou poluindo o interior destas cavernas.

Poucos sabem, mas as cavernas são ambientes muito frágeis, formadas ao longo de milhares de anos através da atividade erosiva de água no interior dos espaços rochosos. Muitas vezes são encontradas espécies de animais que só se adaptam a viver no interior das cavernas, por favorecerem um ambiente muito peculiar.

O Monumento Natural Caverna de Martins, situado na região Oeste do Estado do Rio Grande do Norte, que atualmente é a região mais desprovida de áreas protegidas, vinha sofrendo com degradações no seu interior, causadas pela prática deste tipo de turismo. A Fundação para o Desenvolvimento Sustentável da Terra Potiguar (FUNDEP) vem trabalhando desde dezembro de 2012, para criar uma Unidade de Conservação da categoria Monumento Natural, integrante do Grupo de Proteção Integral do SNUC (Sistema Nacional de Unidades de Conservação).

"Essa área onde o projeto está situado é uma área em que a gente tem a menor representatividade de áreas protegidas do Estado, e o poder público efetivamente não consegue acompanhar e nem fazer a gestão adequada. Esse apoio do TFCA (Tropical Forest Conservation Act) é importantíssimo, ele está fornecendo os subsídios necessários para que esta Unidade de Conservação seja criada, e o Estado possa de fato exercer o seu poder de orientar as atividades de manejo adequadamente, para garantir a conservação daquele Bioma", afirma o biólogo, André Pessoa.

O projeto que leva o mesmo nome do patrimônio natural foi uma iniciativa da FUNDEP, em parceria com o TFCA/Funbio, que além de se preocupar com o mapeamento das áreas do entorno, tem o objetivo de promover a educação ambiental da população local e o desenvolvimento do turismo ecológico no interior do Estado, para que esta atividade seja explorada de maneira sustentável.

http://www.funbio.org.br/o-funbio/noticias/projeto-apoiado-pelo-tfca-re…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.