VOLTAR

Proibida venda de bebidas aos índios em Iraí

Correio Braziliense (Brasília-DF)
25 de set de 1992

Com base no Estatuto do Índio, o promotor da cidade gaúcha de Iraí, Miguel Velasquez, proibiu a venda de bebidas alcoólicas aos 150 índios que estão acampados, desde 13 de agosto, no aeroporto da cidade. A embriaguez dos Kaingang pelas ruas da cidade se acentuou nos últimos dias, enquanto continua sem solução o impasse quanto à demarcação da área de 275 hectares que os indígenas reivindicam.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.