VOLTAR

Produções com temática indígena

Folha de Boa Vista - http://www.folhabv.com.br
16 de jul de 2010

A terceira edição do Vídeo Índio Brasil (VIB) vai contemplar cidades de todos os estados brasileiros. O festival acontece de 31 de julho a 7 de agosto com exibição de filmes com temática indígena em 112 cidades. Boa Vista é a única de Roraima onde será realizada a mostra.

A promoção local é do Coletivo Arteliteratura Caimbé, com apoio do Sesc Roraima. Durante a mostra, a partir das 20h, o Vídeo Índio Brasil vai apresentar no Cine Sesc Mecejana uma programação com diferentes filmes. A entrada é franca.

Desde 2008, o VIB é realizado em Mato Grosso do Sul tendo Campo Grande como cidade sede. Este ano são 14 longas e curta-metragens nas categorias documentário, ficção e animação com produções realizadas por índios e não índios que mostram, por meio do audiovisual, peculiaridades das culturas indígenas de todo o país.

"É a segunda vez que trazemos uma mostra nacional de vídeos para Roraima. Em 2009 foi uma com animações, exibida em Alto Alegre. Este ano é a vez da cultura audiovisual indígena. São filmes interessantes para as etnias, acadêmicos e para a comunidade. Afinal, vivemos numa capital com milhares de indígenas e seus descendentes", afirma Edgar Borges, organizador local do VIB.

Além dos filmes, haverá exposição de artes plásticas e artesanato de artistas indígenas. A relação dos filmes e as sinopses podem ser conferidas no blog www.literaturacaimbe.blogspot.com. A escola que quiser agendar a participação de seus alunos em alguma das sessões pode fazê-la pelo telefone 9111 4001.

VIB 2010
O objetivo do festival é fortalecer e divulgar a temática indígena no Brasil. "O Vídeo Índio Brasil tornou-se um dos principais programas referentes à difusão das culturas indígenas no país. Como o Brasil é signatário da Convenção Mundial da Diversidade Cultural, aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU), estamos dando nossa contribuição", resume o idealizador e diretor do VIB, o produtor cultural Nilson Rodrigues.

Entre os filmes estão "Terra vermelha", de Marcos Bechis, que trata dos conflitos de terras dos Guarani-Kaiowá em territórios indígenas de Mato Grosso do Sul. "Corumbiara", de Vincent Carelli, premiado documentário brasileiro vencedor do Kikito no Festival de Gramado 2009 que denuncia o massacre dos índios Akuntsu e Kanoê (Rondônia). Já o vídeo "Indígenas Digitais" tem participação de representantes da etnia Macuxi falando sobre o uso da internet na busca de melhorias para a comunidade.

http://www.folhabv.com.br/noticia.php?id=90564

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.