VOLTAR

Processo de revitalização da cultura resgata a língua nheengatu -

Site da Funai
25 de mar de 2002

Os índios muras, da aldeia do Murutinga, na comunidade de Novo Céu, em Autazes, no Amazonas, preparam-se para implantar a educação diferenciada na aldeia. O processo tem como objetivo revitalizar a cultura com o aprendizado da língua nheengatu, falada hoje apenas por dois idosos da comunidade.

A idéia é que os professores aprendam a língua para ensinar as crianças na escola. De acordo com o professor Aldimar Pereira Rodrigues, a perda das tradições, língua e cultura poderá ser interrompida com o resgate da cultura geral. O nheengatu nasceu do Tupi, foi disseminado por toda Amazônia e é responsável por cerca de 10 mil palavras da língua portuguesa.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.