VOLTAR

Primeira turma indígena de graduação cola grau

Folha de Boa Vista - http://www.folhabv.com.br/fbv/noticia.php?id=58790
27 de mar de 2009

A Universidade Federal de Roraima (UFRR) promove, nesta sexta e sábado, a colação de grau da primeira turma do curso de Licenciatura Intercultural do Núcleo Insikiran, formada por 38 alunos divididos nas etnias Macuxi, Ye'kuana, Wapichana, Ingarikó, Taurepang e Wai Wai. A cerimônia ocorre na Comunidade de Canauanim, no Município do Cantá.

O curso de Licenciatura Intercultural abrange três áreas de concentração: Comunicação e Artes, Ciências da Natureza e Ciências Sociais. O curso tem uma duração de cinco anos. Nos dois primeiros anos concentram-se matrizes da área de Formação Pedagógica Específica.

A partir do terceiro ano o aluno escolhe entre as áreas de concentração disponíveis. O curso possui uma carga horária total de 3.948 horas. Para o segundo semestre deste ano está prevista a abertura da quinta turma da Licenciatura Intercultural, com 60 novas vagas.

A criação do Núcleo veio atender a uma das demandas dos povos indígenas de Roraima que reivindicaram o acesso ao ensino superior por meio da Carta de Canauanim, elaborada em 2001, na Assembleia Geral dos Professores Indígenas de Roraima, e a UFRR respondeu ao compromisso social da instituição.

O nome Insikiran é proveniente da mitologia dos povos indígenas que habitam o Monte Roraima, sendo para os índios macuxi um dos filhos guerreiros de Makunaimî, irmão de Anikê, integrando toda a cosmologia da criação dos indígenas dessa região.

O objetivo do curso é habilitar professores indígenas para atuarem na educação básica, hoje presente nas comunidades indígenas de Roraima. A etapa de estudos presenciais intensivos ocorre no Campus do Paricarana, na UFRR, em Boa Vista, nos meses de janeiro e fevereiro e julho e agosto, quando os professores indígenas estão de recesso nas escolas.

Além desse momento presencial, a proposta pedagógica do curso contempla os encontros pedagógicos como parte integrante na formação do aluno, quando os professores formadores do Núcleo Insikiran se deslocam a determinadas regiões para realizarem o acompanhamento didático-pedagógico do cursista.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.