VOLTAR

Posseiros da Cidapar reivindicam melhorias

O Liberal
08 de mar de 1985

Representantes dos posseiros que ocupam a reserva indígena do Alto Rio Guamá (PA), vieram a Belém prestar depoimento ao advogado José Carlos Castro, material que será incluido no processo contra a Polícia Militar do estado, responsável pela morte do gatilheiro Quintino da Silva Lima no município de Vizeu. Embora a PM tenha se retirado da área, eles alegam que a violência continua, inclusive com notícias de mortes, como contaram moradores do município de Cristal. Os posseiros reclamaram também, através de seu porta-voz, do acordo firmado entre a Funai e a Gleba Cidapar. Segundo eles, com o acordo, as empresas terão como expulsá-los, ao passo que com os índios Tembé que lá vivem eles mantém boas relações.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.