VOLTAR

População indígena ganha novas unidades de ensino

Seduc/RR - http://www.seduc.ro.gov.br/
Autor: Romeu Noé
25 de set de 2012

Com maior investimento do Estado, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vem recebendo atenção especial por parte do Governo da Cooperação, afirmou Moura em seu discurso. "Se na minha gestão eu não fizesse um quilometro de asfalto, mas investisse em educação, eu já estaria satisfeito".

A Ordem de Serviço assinada no valor de quase R$ 1 milhão permitirá a construção das quatro escolas indígenas localizadas nas aldeias Encrenca, Cajuí e Barranco Alto nas terras Indígenas Rio branco e a quarta na Aldeia Palhal, no Vale do Guaporé facilitando a vida das comunidades onde serão construídas.

Plano de Ação

"Trabalhamos também na criação de um sistema bem articulado e esse esforço empreendido na educação, vem se tornando palpável. Projetos que atendem as especificidades indígenas, como o Projeto Açaí, de formação de professores indígenas e o Ensino Bilíngue foram garantidos no PPCR da educação sancionado pelo governador, fazendo esta gestão ser lembrada pela efetiva transformação da realidade de Rondônia", disse a secretária da Seduc, Isabel Luz. Outros projetos como a educação integral, reforma e ampliação das escolas também serão realizados.

"Estas escolas irão facilitar. O governo é nosso aliado na construção das unidades nas áreas indígenas e há muito tempo aguardamos esse projeto. Existem muitas dificuldades de estrutura e transporte, faltam alojamentos para os professores, e tudo isso obriga o índio a sair de sua terra para buscar educação, enquanto deveríamos ter esta estrutura lá. Muito o governo tem feito desde o inicio de sua gestão e estas escolas irão facilitar a vida da nossa comunidade. Acreditamos que ate o fim do mandato o governo possa nos auxiliar ainda mais nessa missão", afirmou o Cacique João Tuparí.

Investimento

Oriundo da rede publica de ensino, o governador falou ainda sobre a importância de se ter uma educação bem estruturada, ressaltando que dos 15 compromissos de campanha firmado com a categoria, em menos de dois anos de mandato já honrou 14.

"O professor as vezes tem tripla jornada, o que em muitos casos geram problemas, familiares e também de saúde, pois ele acaba sem voz. É por isso que ele precisa ser ouvido. Sugeri a Isabel que possibilitasse a abertura de canais de comunicação direta, através de redes sociais para escutar a categoria. A partir destas observações será possível verificar o que se pode melhorar" lembrou o Governador.

De acordo com o governador, a média de investimento nacional é de 5% do PIB e o que os gestores se questionam, é o que acontece que não se revestem os índices de qualidade. O governo do Rio de Janeiro realizou pesquisa e constatou que 80% dos alunos do 8o ano da rede publica eram semi analfabetos. A partir destes dados foram trabalhadas as ações com treinamento de diretores, supervisores e orientadores. Os treinamentos passaram a serem realizados nas escolas e outras ações que contribuíram com a melhora dos índices.

Em Rondônia será implantado Sistema de Avaliação Escolar (Sagro) que será uma ferramenta de apoio e ações de incentivos, como o 14o salário, que auxiliará na melhoria da qualidade. Com a verificação constante do que deve ser melhorado, poderemos elevar também os índices.

O evento contou ainda com do Diretor do Departamento de Estradas e Rodagens e Departamento de Obras e Serviços Públicos (DER/ Deosp) Lucio Mosquini e do Deputado Estadual Jean de Oliveira.

http://www.seduc.ro.gov.br/portal/index.php/noticias-all/148-populacao-…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.