VOLTAR

Planet diz que imagens da PF não são as mesmas disponibilizadas de graça pela Noruega

((o))eco -http://www.oeco.org.br//
Autor: Cristiane Prizibisczki
28 de set de 2020

A empresa americana Planet, por meio de sua representante brasileira Santiago & Cintra Consultoria, informou que as imagens que serão disponibilizadas à Policia Federal referentes ao contrato 18/2020, no valor de R$ 49,7 milhões, não são as mesmas fornecidas gratuitamente pela Iniciativa Internacional de Clima e Florestas (NICFI, na sigla em inglês), do Ministério do Clima e Meio Ambiente da Noruega.

Segundo a Planet, "o contrato com os produtos da Planet para a Polícia Federal [...] é mais amplo e com variados produtos".

Por meio de nota enviada a ((o))eco no último domingo (27), a empresa americana disse que o contrato 18/2020 fornece produtos diários e mensais, e que as análises dos Analytics da Planet e dos alertas feitos pela Santiago & Cintra Consultoria são sobrepostos às imagens diárias e aos dados mensais. "Esses produtos são significativamente diferentes do contrato multianual que a Noruega atribuiu à KSAT [Kongsberg Satellite Services, empresa aeroespacial norueguesa], que inclui dados da Planet e Airbus que fornece mapas mensais e arquivos que datam desde 2002".

Além disso, a empresa americana informou que os mapas mensais, de 64 diferentes nações, incluem um número limitado de parceiros da NICFI com acesso para adquirir as imagens.
"A Planet é um provedor de dados comerciais não exclusivo, cujos produtos são utilizados por empresas privadas, ONGs e governos em todo o mundo. Temos o prazer de fornecer dados a ambos esses usuários únicos de produtos", disse a nota.

O contrato entre Planet e Polícia Federal tomou as manchetes na última semana após o Ministério do Clima e Meio Ambiente da Noruega anunciar o lançamento da Iniciativa Internacional de Clima e Florestas (NICFI) para o fornecimento de acesso universal e gratuito ao monitoramento por satélite das florestas tropicais no mundo. Segundo especialistas, parte das imagens fornecidas pela iniciativa seriam as mesmas que a PF pretende comprar por meio do contrato 18/2020.

Na nota publicada na última terça-feira (22) em seu site, a Planet dizia que "fornecerá mapas-base de alta resolução (menos 5m por pixel) de toda região tropical, cobrindo mais de 64 países em desenvolvimento, atualizados a cada mês. Eles estarão disponíveis gratuitamente para qualquer pessoa ver e usar por meio de parceiros de tecnologia da Noruega, como a Global Forest Watch. Além disso, a partir de meados de outubro, qualquer pessoa poderá fazer o download dos mapas-base mensais prontos para análise dessas regiões por meio da plataforma de imagens de satélite online da Planet, Planet Explorer, com a finalidade de apoiar a missão do NICFI. Planet, KSAT e Airbus também trabalharão com parceiros noruegueses selecionados para compartilhar os dados da imagem original, fornecendo aos principais líderes globais da ciência e da política as imagens diárias da Planet e o arquivo exclusivo de alta resolução da Airbus".

https://www.oeco.org.br/noticias/planet-diz-que-imagens-da-pf-nao-sao-a…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.