VOLTAR

Petrobrás identifica 3 campos petrolíferos da Venezuela como origem do óleo derramado no Nordeste

OESP - https://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral
25 de out de 2019

Petrobrás identifica 3 campos petrolíferos da Venezuela como origem do óleo derramado no Nordeste
A hipótese de que o piche lançado no mar brasileiro seja resultado da operação criminosa de um 'navio fantasma' é, para a Marinha, uma das mais prováveis

André Borges, O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2019 | 15h33

BRASÍLIA - Os estudos técnicos realizados pela Petrobrás sobre a origem do petróleo que contamina mais de 2,5 mil quilômetros do litoral do Nordeste confirmam não apenas que o produto teria origem na Venezuela, mas de quais campos venezuelanos o material foi retirado.

O Estado apurou que, segundo informações da petroleira repassadas à Marinha, a borra de petróleo tem origem em três campos específicos de exploração localizados no país vizinho. A constatação foi possível após a Petrobrás comparar a composição química do material recolhido nas praias, com centenas de amostras de petróleo de todo o mundo, que a Petrobrás mantém em um centro de pesquisas de localizado na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.

Após fazer o cruzamento de uma série de dados, a Marinha enviou questionamentos técnicos formais a 30 embarcações que têm origem em 11 países. Todas elas passaram pela região no período investigado e possuem registros na Organização Marítima Internacional. As respostas a esses questionamentos ainda são aguardadas pela Marinha.

A chance de se tratar de um navio-tanque fantasma, porém, é considerada como a de maior probabilidade porque o tipo de petróleo venezuelano que chegou ao litoral brasileiro não é comprado por esses países de bandeira, segundo avaliações internas da Marinha. Normalmente, esse tipo de carga é carregado em navios fantasmas.

A reportagem questionou a Marinha e a Petrobrás sobre todas as informações acima, mas não obteve retorno até o fechamento deste texto.

https://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,petrobras-identi…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.