VOLTAR

Passeata e pajelança terminam encontro de seringueiros no Acre

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
01 de abr de 1989

Com uma passeata pelas ruas centrais da cidade, pajelança e um forró à noite, terminou o I Encontro dos Povos da Floresta, que reuniu durante a semana 150 seringueiros, 50 indígenas e 260 assessores e convidados. Foi selada uma aliança entre seringueiros e indígenas para defender suas terras e a floresta, bem como obter recursos de organismos nacionais e internacionais.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.