VOLTAR

Os Xavante queriam suas terras e a paz. Agora só querem suas terras.

O Estado de São Paulo (São Paulo/SP)
Autor: Moisés Rabinovici
19 de nov de 1973

Os Xavante já não querem os conselhos dos padres; já não esperam que a FUNAI resolva o problema de suas terras ocupadas; já não acreditam nas autoridades da Polícia Federal, dos governos do Mato Grosso e de Brasília. Os índios esperam apenas que os topógrafos voltem para demarcar suas terras até o final do ano. Na reportagem há informações históricas dos Xavante e a posição dos padres e de fazendeiros. Os fazendeiros alegam não se recusar a sair da terra, apenas reivindicam permuta (terra de mesma extensão em outro lugar).

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.