VOLTAR

Operação Caipora desarticula esquema de extração ilegal de madeira em reserva indígena

Agência Brasil
Autor: Paula Laboissière
28 de mai de 2008

Brasília - A Polícia Federal deflagrou hoje (28) a Operação Caipora, para desarticular um esquema de extração ilegal de madeira na Terra Indígena Vale do Guaporé, no estado do Mato Grosso. Policiais federais cumprem 54 mandados de busca e apreensão além de outros 45 mandados de prisão.

As ações, segundo nota divulgada hoje, acontecem de forma simultânea nas cidades de Cuiabá, Cáceres, Pontes e Lacerda, Nova Lacerda, Conquista Doeste e Comodoro - todas localizadas no Mato Grosso -, além do município de Vilhena, em Rondônia.

Ainda de acordo com a nota, o processo de extração ilegal de madeira teria início com o aliciamento de índios. Carros, motos e alimentos eram ofertados em troca de vantagens. A PF destaca que, entre os envolvidos no esquema, foi registrada a participação de servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai), que recebiam pagamentos mensais, para permitirem a livre atuação da quadrilha dentro da reserva indígena e alertar sobre eventuais esquemas de fiscalização.

A PF investiga ainda o envolvimento de integrantes da Polícia Militar, da Polícia Rodoviária Federal, da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA) e de proprietários de fazendas vizinhas à reserva, no Mato Grosso.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.