VOLTAR

Oca, cocar e orelhão

O Globo (Rio de Janeiro - RJ)
17 de fev de 2002

Uma iniciativa da Telemar, e que faz parte do Plano de Antecipação de Metas, foi responsável por implantar, em cerca de setenta e nove terras indígenas do Brasil, orelhões para essas populações. O cartão telefônico que possibilita a utilização do aparelho, geralmente, chega de barco e passou a compor a lista de compras esperadas pelos índios.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.