VOLTAR

O mogno ameaçado

O Globo, p.7 (São Paulo - SP)
Autor: ADARIO, Paulo
29 de jul de 2002

Paulo Adario, coordenador internacional da Campanha Amazônia do Greenpeace faz uma larga análise sobre as ameaças que a exploração predatória do mogno representam para a própria sobrevivência da espécie e da mata em seu entorno. Também apresenta alguma propostas com recomendações para lidar com o problema da exploração criminosa do mogno.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.