VOLTAR

O 'mato' que vale dólares

A Crítica (Manaus - AM)
13 de jan de 2002

Diversas plantas consideradas "mato" nos quintais de Manaus, são valiosas no mercado de plantas ornamentais no sul do país e em alguns países do exterior. A pesar da demanda, a exportação das flores do Amazonas enfrenta entraves no Ministério da Agricultura devido à suspeita de que helicônias sejam condutoras de cigatoka negra, doença que ataca os bananais.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.