VOLTAR

O índio do Acre escreve sua própria cartilha

A Gazeta (Vitória - ES)
Autor: ANJOS, Tinoco dos
08 de jan de 1984

Reportagem sobre o trabalho realizado pela professora Nietta Lindenberg Monte, com os índios em Rio Branco (AC), concretizado com a elaboração da Cartilha do Índio Seringueiro. A finalidade do projeto é a formação de professores indígenas. A proposta do curso, segundo a professora, veio dos próprios índios, que, além da área da educação, também reivindicaram monitores para a área da saúde. Nietta Lindenberg Monte explica que o trabalho é feito segundo o método de alfabetização de Paulo Freire.
O texto da contracapa da cartilha, transcrito pela reportagem, expõe as palavras de índios de diversos grupos, que agradecem e falam sobre seu desejo de aprender.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.