VOLTAR

Natureza morta

Correio Braziliense (DF)
Autor: Newton Araújo Jr
12 de nov de 1998

A área de exploração de areia saibrosa em torno de um Condomínio no Distrito Federal apresenta solo esburacado, rochas, areias, poças de água e falta de vegetação. Esse condomínio e seus arredores apresentam muitos crimes ambientais punidos, mas em eterna pendência jurídica, adiando o castigo dos criminosos. A maior parte dos condomínios irregulares começa com a grilagem de terras públicas ou privadas. Os crimes ambientais mais comuns do DF são: desmatamentos, mineração clandestina e poluição sonora.

Como agredir a terra sem fazer força
Um antigo condomínio na Celândia começou a ser habitado com a venda ilegal dos seus lotes (o terreno pertencia ao Incra). O lugar está dentro da APA do Rio Descoberto, perto da Barragem do Descoberto, que abastece quase 80% do DF. Por lei, nessas áreas só é possível qualquer tipo de instalação habitacional após detalhado EIA. A região apresenta diversas nascentes na região e o lençol freático está apenas a 1,5 m do solo superficial.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.