VOLTAR

Não estava desaparecido o sertanista Orlando Vilas Boas

O Globo (Rio de Janeiro - RJ)
29 de out de 1953

O Sr. Gama Malcher, diretor do Serviço de Proteção aos Índios, declarou que o sertanista Orlando Vilas Boas não estava desaparecido e fugindo de intimação judicial, como havia sido declarado na mídia, e sim trabalhando na instalação de um posto na região do Xingu, onde não há meios de comunicação. No momento, Vilas Boas se encontra no Rio de Janeiro.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.