VOLTAR

Nabhan: "Inconcebível um estado com 144 propriedades invadidas"

Correio do Estado https://www.correiodoestado.com.br
Autor: DANIELLA ARRUDA
05 de abr de 2019

Em visita a Mato Grosso do Sul, na manhã desta sexta-feira (5), o vice-ministro de Assuntos Fundiários Luiz Antônio Nabhan Garcia, declarou ser inconcebível um estado como Mato Grosso do Sul como 144 propriedades rurais invadidas por indígenas. Ele defendeu o fim do que chama de "farra da invasões".

"Como pode se produzir com tranquilidade nessas condições?", declarou o Nabhan, afirmando ser preciso "respeitar o estado eu democrático de direito para que o Brasil possa voltar a funcionar em uma situação de tranquilidade no campo".

O vice-ministro também fez duras críticas à atuação da Fundação Nacional do Índio (Funai), afirmando que a instituição advogou em causa própria e teve uma atuação desastrosa.

No início do ano, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) retirou da Funai a responsabilidade pela demarcação de terras indígenas.

Além de ter criticado a Funai, Nabhan também criticou a atuação de parte dos agentes do Ministério Público Federal (MPF) dizendo que eles também advogam em causa própria. "O direito à propriedade é sagrado e constitucional, não estamos aqui para defender a causa própria".

O vice-ministro reforçou que o Governo Federal vai fazer a lei ser cumprida, principalmente nas situações comprovadamente "equivocadas, tendenciosas e ideológicas", finalizou.

Em Campo Grande, o vice ministro participou do 32o Encontro de Tecnologias para o Agro, no Sindicato Rural de Campo Grande. (Colaborou Maressa Mendonça)

https://www.correiodoestado.com.br/politica/inconcebivel-um-estado-como…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.