VOLTAR

MST não aceita acusação de envolvimento com devastação

O Globo (Rio de Janeiro - RJ)
11 de mar de 1998

Diversas entidades de esquerda, como o Cimi, CPT, PT, MST e Contag se reuniram no Congresso para derrubar o relatório da comissão externa da Câmara que investiga a atuação predatória das madeireiras na Amazônia. A esquerda exige a supressão do capítulo que aponta os sem-terra como agente de devastação da floresta.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.