VOLTAR

Mostra Cultural Indígena valoriza manifestações das etnias da região de Dourados

Dourados Agora- http://www.douradosagora.com.br
15 de abr de 2014

A UFGD realiza nos dias 29 e 30 de abril a Mostra Cultural Indígena, iniciativa que vai trazer à Universidade manifestações indígenas como cantos e danças, além de apresentar filmes, mesas de discussão, oficina e artesanato. A programação completa está no banner anexo.

A Mostra Cultural Indígena é um dos projetos parciais resultantes do projeto de extensão universitária "Arte e Cultura Indígena", que vem sendo desenvolvido desde 2012 pela UFGD e atende moradores das aldeias Tekoha, Mbororó, Jaguapiru e Panambizinho e dos acampamentos vizinhos (Tekoharã) ao município de Dourados, que compreendem as etnias Kaiowá, Ñandeva (autodenominados Guarani) e Terena, sendo que estas comunidades agregam mais de 14 mil indígenas.

O objetivo central do projeto é criar espaços de visibilidade para o modo de viver das comunidades indígenas do entorno da cidade com ações que pretendem apresentar a diferença, criando um ambiente público no qual a autoestima indígena seja trabalhada, valorizada e mostrada à sociedade envolvente, ao mesmo tempo em que empodera culturalmente os povos envolvidos.

Subprojetos

A programação será composta por manifestações culturais desenvolvidas em vários subprojetos englobados pelo projeto "Arte e Cultura Indígena". Haverá apresentação de canto e dança pelos grupos "Cantos e Danças Guarani e Kaiowá" e "Arte e Cultura Terena", de filmes produzidos pelo subprojeto "Oficina de Audiovisual" e mesas de discussão organizadas pelo grupo "Dicionário Temático", além de debate sobre a realização desses filmes.

Encerrando a Mostra, o grupo MANDI'O fará a apresentação do espetáculo "Ara pyahu: des/caminhos do contar-se", na Caixa Preta do Núcleo de Artes Cênicas da UFGD. As outras atividades serão realizadas no auditório central da Unidade 2.

http://www.douradosagora.com.br/dourados/mostra-cultural-indigena-valor…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.