VOLTAR

Morte de índio na justiça

Folha de Londrina (PR)
19 de out de 1993

A morte do índio Kaingang Getúlio Deolindo, da reserva Apucaraninha, quando trabalhava na Destilaria de Álcool Brasilândia, ainda não foi esclarecida. O deputado Florisvaldo Fier (PT) trabalha no caso, e pede ainda investigação de acidente com outro índio, da reserva de Barão de Antonina.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.