VOLTAR

Manifestações do Tambor de Crioula e Reinado retratadas em filme

O Estado do Maranhão - https://imirante.com/oestadoma/
11 de ago de 2019

"Crioula Reinado", de Tiago Pereira e Victor Dias, selecionado pelo Rumos Itaú Cultural, contempla o olhar de quem vivencia essas culturas, destacando a perspectiva da própria comunidade.

São Luís - O documentário "Crioula Reinado", projeto, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2015-2016, será exibido neste domingo (11), às 19h, na Festa do Divino do Quilombo de Santa Rosa dos Pretos, em Itapecuru-Mirim (MA). De Tiago Pereira e Victor Dias, é um filme de encontro entre povos afro-brasileiros. Um reencontro precioso, realizado através de um intercâmbio que reuniu as manifestações do Tambor de Crioula e do Reinado, por meio de duas expedições formadas por mestres de saberes e jovens dos quilombos de Santa Rosa dos Pretos, do Maranhão, Mato do Tição, de Minas Gerais, e povos reinadeiros de Oliveira, também do estado de Minas. O documentário já foi exibido em Belo Horizonte (MG).

Os personagens são pilares sociais de sua respectiva região e, ao visitarem o território quilombola uns dos outros, viveram momentos emocionantes, identificando uma familiaridade que remonta às suas origens. Esse lugar comum despertou memórias e laços, histórias silenciadas da formação de um Brasil. A trajetória de luta, força, fé e sabedoria do povo negro é contada em meio a relações afetivas e identitárias que se constroem no decorrer do filme.

Todas as etapas de desenvolvimento do documentário tiveram participação ativa e protagonismo das comunidades. A equipe dedicou um longo período de mediação e pesquisa, quando foram aplicadas diversas metodologias participativas para envolver e posicionar as comunidades no centro da construção da narrativa. Na etapa de finalização do filme, um primeiro corte foi exibido nas comunidades para que, em assembleia, pudessem opinar na montagem e no resultado da obra. A partilha constante de um olhar ancestral sobre cada momento vivido, guiou a captação de imagem e movimento em um enquadramento afrocentrado.

Sobre o Rumos Itaú Cultural

Um dos maiores editais privados de financiamento de projetos culturais do país, o Programa Rumos, é realizado pelo Itaú Cultural desde 1997, fomentando a produção artística e cultural brasileira. A iniciativa recebeu mais de 64,6 mil inscrições desde a sua primeira edição, vindos de todos os estados do país e do exterior. Destes, foram contempladas mais de 1,4 mil propostas nas cinco regiões brasileiras, que receberam o apoio do instituto para o desenvolvimento dos projetos selecionados nas mais diversas áreas de expressão ou de pesquisa.

Os trabalhos resultantes da seleção de todas as edições foram vistos por mais de 6 milhões de pessoas em todo o país. Além disso, mais de mil emissoras de rádio e televisão parceiras divulgaram os trabalhos selecionados.

Nesta edição de 2017-2018, os 12.616 projetos inscritos foram examinados, em uma primeira fase seletiva, por uma comissão composta por 40 avaliadores contratados pelo instituto entre as mais diversas áreas de atuação e regiões do país. Em seguida, passaram por um profundo processo de avaliação e análise por uma Comissão de Seleção multidisciplinar, formada por 21 profissionais que se inter-relacionam com a cultura brasileira, incluindo gestores da própria instituição. Foram selecionados 109 projetos, contemplando todos os estados brasileiros.

https://imirante.com/oestadoma/noticias/2019/08/11/manifestacoes-do-tam…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.