VOLTAR

Major confirma tortura de tucunas

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
29 de mar de 1968

O Comandante da Colônia Militar de Tabatinga, Major José Luis Leal dos Santos, declarou que os índios Ticuna eram torturados no vilarejo de Belém, na foz do rio Tacana. O Major também afirmou que ele mesmo visitou o local e entrevistou os membros do coletivo indígena, comprovando a veracidade da denúncia. O que mais gerou a sua revolta foi o relato das pequenas índias violadas pelo filho do proprietário do vilarejo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.