VOLTAR

Madeireiras mudam vegetação da Amazônia

Gazeta Mercantil, p.A7 (São Paulo - SP)
15 de set de 1999

O Inpe concluiu um estudo inédito sobre o tamanho das áreas atingidas pelo corte seletivo de madeira na região do arco do desflorestamento da Amazônia, nos últimos dez anos. Segundo o estudo, 18% das áreas exploradas por madeireiras foram convertidas em vegetação de corte raso, o que significa que estão sendo aproveitadas para agropecuária de forma ilegal.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.