VOLTAR

Líder indígena é assassinada em fazenda sob demarcação em MT

FSP, Brasil, p. A6
14 de jan de 2009

Líder indígena é assassinada em fazenda sob demarcação em MT

Pablo Solano
Da agência Folha

A líder indígena paresi Valmireide Zoromará, 42, foi assassinada na sexta-feira na fazenda Boa Sorte, em Diamantino (207 km de Cuiabá). O gerente da propriedade, Ismael Rosa Lima, 39, confessou ontem o crime, segundo seu advogado, e está preso.
A fazenda está localizada em uma área em processo de demarcação de terra indígena, afirma o representante da Funai em Tangará da Serra, Carlos Bastos.
Os disparos que mataram a índia foram feitos por volta das 22 horas, de acordo com o delegado da Polícia Civil Daniel Lemos Valente. A índia e outras 12 pessoas foram à área para pescar. O marido dela foi ferido e está internado em estado grave.
O gerente, por meio do seu advogado, disse que atirou em legítima defesa, após os índios efetuarem disparos.
Ontem, cerca de cem índios, segundo a Funai, invadiu a fazenda e montou um acampamento no local em protesto à morte da índia.

FSP, 14/01/2009, Brasil, p. A6

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.