VOLTAR

Justiça protege índios

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro-RJ)
26 de Out de 1972

Foram declarados nulos os títulos da Delegacia de Terras e Colonização de Campo Grande, que vinha alienando 270 mil hectares de terras pertencentes aos índios Kadiwéu.

A presidência da Funai informou ontem que o sertanista Apoena Meirelles, punido recentemente, deixou o seu trabalho de pacificador de índios para se incorporar ao Projeto Aripuanã, da Universidade de Mato Grosso, sem que com isso seja afastado dos quadros do órgão.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.