VOLTAR

Juruna não é atendido no Rio

O Estado de São Paulo (São Paulo/SP)
15 de dez de 1977

Xavante da colônia indígena São Marcos, Mário Juruna e Tomas Tsadaró, não conseguiram falar com o governador Faria Lima do Rio de Janeiro, para quem apresentariam pedidos de suas tribos. O cenário instalado foi de mais desilusão e promessas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.