VOLTAR

Juruna, agora, é contra a usina

O Globo
02 de abr de 1985

Depois do episódio no município de Juara, Mato-Grosso, em que representantes da Comissão do Índio da Câmara dos Deputado foram tentar diálogo com os Apiaká-Kayabi que barravam a construção da hidrelétrica no Salto do Rio dos Peixes, o deputado Mário Juruna se encontrou com os líderes em reunião na delegacia da Funai. Depois de horas de conversa reconciliatória, Juruna saiu de lá apoiando-os na paralização da obra e demarcação de uma faixa de terra que incorpore o sítio sagrado.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.