VOLTAR

Juíza autoriza exploração de mogno no Pará

Correio Braziliense (Brasília - DF)
17 de out de 1993

Um juiz da 3ª Vara Federal do STF, em Curitiba, concedeu liminar à C&C Madeiras, permitindo que elas continuem a explorar madeira da reserva dos índios caiapós, no município de São Félix do Xingu, no Pará.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.