VOLTAR

Jirau: consórcio se adianta e oferece energia para mercado livre em leilão

Canal Energia
Autor: Alexandre Canazio
06 de mai de 2008

Certame será realizado no próximo dia 16 e serão ofertados cinco produtos com duração entre dois e dez anos

O Consórcio Energia Sustentável, liderado pela Suez, anunciou nesta segunda-feira, 5 de maio, que realizará um leilão de venda de energia da hidrelétrica de Jirau (RO-3.300 MW) destinada ao mercado livre. O certame será realizado no próximo dia 16 e serão ofertados cinco produtos com duração entre dois e dez anos, iniciando em janeiro de 2012 e janeiro de 2013. A concretização da oferta, no entanto, está condicionada à vitória do consórcio no leilão de concessão da hidrelétrica programado para o dia 19.

O leilão do consórcio é aberto a consumidores livres e geradores. Para cada produto será disponibilizado um valor mínimo de 50 Mwmédios, a serem entregues nos submercados Sul e Sudeste sem distinção de valores entre eles. Os interessados em participar do certame deverão entregar até às 18 horas da próxima terça-feira, 13, o termo de adesão, carta de fiança bancária, e garantia financeira. A apresentação da sistemática do leilão será feita na quinta-feira, 8.

Da energia firme de 1.908 MW médios de Jirau, 30% podem ser oferecidas ao mercado livre. O consórcio é formado por Suez, Eletrosul, Chesf e Camargo Corrêa. A informação sobre a formação do consórcio foi confirmada à Agência CanalEnergia pela Eletrosul, via assessoria de imprensa, em reportagem publicada no dia 2 de maio. No entanto, na ocasião, Suez e Camargo Corrêa não quiseram confirmar a informação. Para acessar o edital e outros documentos do leilão, clique aqui.

(Nota da Redação: O Consórcio Energia Sustentável retificou a data de apresentação dos documentos para inscrição. A data mudou de 6 para 13 de maio. Modificação feita às 10 horas de 6 de maio)

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.