VOLTAR

James Cameron - Os Índios e a Sétima Arte

Revista Bravo! - http://bravonline.abril.com.br/
01 de mai de 2010

Antes de James Cameron se tornar um ativista o cinema já discutia a causa indígena

No último mês o cineasta James Cameron se envolveu em uma discussão polêmica com o governo brasileiro e os índios do Pará, região norte do país. Se aproximava o leilão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte que será construída na bacia do Rio Xingu. As comunidades indígenas acusam o desvio o projeto de os deixar sem água, peixes e meio de transporte fluvial.

A relação com as causas indígenas e o cinema, contudo não começa aqui. Muito antes de James Cameron se unir ao time de celebridades ecologicamente corretas, composto também pelos cantores Sting e Bono Vox, a modelo Gisele Bündchen e a atriz Daryl Hannah, foram feitos filmes sobre as lutas por terras e pela conservação da cultura desses povos.

Conheça algumas dessas produções:

Terra Vermelha - http://www.youtube.com/watch?v=4uz6WBQLr40&feature=player_embedded

O filme do cineasta ítalo-chileno Marco Bechis retrata os conflitos de terra entre indígenas e fazendeiros no Mato Grosso do Sul. No roteiro escrito por Luiz Bolognesi, um grupo de Guarani-Kaiowá que trabalhava como escravos em uma fazenda e conseguiam algum dinheiro para posarem para os turistas decide reivindicar a terra de seus ancestrais, o que inicia um grande conflito.

Serras da Desordem (2006) - http://www.youtube.com/watch?v=UwkjLXB4l1o&feature=player_embedded

Vencedor do Festival de Gramado, o longa de Andrea Tonacci acompanha Carapirú. Índio que escapa de um ataque surpresa de fazendeiro por 10 anos ele vagueia sozinho pelas serras da região central do Brasil, quando é capturado. O caso é levado a capital federal e Carapirú acaba por se tornar manchete e centro de polêmica entre acadêmicos sobre sua origem e idade.

O Bravo (1997) - http://www.youtube.com/watch?v=LTyvEDXmm90&feature=player_embedded

Único filme em que Jhonny Depp escreveu, dirigiu e atuou, Bravo conta a história de Rafael, um índio americano alcoólatra e desempregado que mora num trailer com a esposa e os dois filhos. Por casualidade, ele conhece MC Carthy, vivido pelo veterano Marlon Brando, com que fecha um acordo bizarro: atuar em um filme apanhando até a morte por uma gangue em troca de 50 mil dólares. A questão é que a cena será real, sem truques.

Brincando nos campos do Senhor (1991) - http://www.youtube.com/watch?v=NMptySAfPTM&feature=player_embedded

Do diretor de "Carandirú", Hector Babenco, baseado na obra de Peter Mathiessen, o filme mostra um casal de missionários que chega à Amazônia para fins de catequese. No mesmo período o governo obriga dois aventureiros que passam por lá a bombardear a aldeia. Mas um deles tem descendência indígena e passa a questionar o cumprimento da missão.

A Missão (1986) - http://www.youtube.com/watch?v=cqcLJopZJ2A&feature=player_embedded

O filme de Roland Joffé traz Robert de Niro e Jeremy Irons nos papéis principais. De Niro é um mercador de escravos que com sentimento de culpa por ter matado seu irmão num momento de fúria decide se unir ao jesuíta Gabriel, vivido por Irons, e passa a trabalhar na Missão. O crescimento dessa e de outras sociedades desenvolvidas pelos missionários não agrada os colonizadores que desejam destruí-las.

http://bravonline.abril.com.br/conteudo/cinema/indios-setima-arte-55735…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.