VOLTAR

Ismarth diz que Darci desconhece a realidade do índio

Folha de S.Paulo (São Paulo - SP)
01 de ago de 1978

Ao comentar as críticas feitas por Darcy Ribeiro à política indigenista do governo e à atuação da Funai, o general Ismarth, presidente do órgão, afirmou que o antropólogo está defasado na problemática indígena devido ao tempo que ficou fora do Brasil. Quanto à denúncia feita pelo Cimi sobre o arrendamento das terras onde vive o povo indígena Kadiwéu, Ismarth rebateu afirmando que o arrendamento reverteu muitos recursos financeiros para essa etnia, mas não será renovado, pois o Estatuto do Índio não permite. Ele afirmou que o que ocorrerá, agora, para garantir a integridade do território indígena, será a transferência de indígenas Guarani Kaiowá e Terena para a região. A notícia traz ainda uma série de perguntas formuladas por Darcy Ribeiro ao presidente do órgão, com suas respectivas respostas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.