VOLTAR

Ismar vê na maconha um padrão de cultura

Jornal do Brasil (RJ)
16 de ago de 1974

Depois de advertir que "a Funai não pode admitir a comercialização de maconha", o general Ismar Araújo observou que se ela existe, a culpa é do elemento não-índio.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.