VOLTAR

Índios Xokleng cremavam ossos de seus mortos

Jornal do Commercio (Rio de Janeiro - RJ)
29 de jan de 1994

Ossadas de antepassados de índios Xokleng são encontradas em Içara (SC). Com isso, foi possível constatar que o grupo indígena tinha o hábito de cremar seus mortos. Segundo a avaliação do arqueólogo e padre Ignácio Schmitz, os despojos possuem dois mil anos. Ainda de acordo com o pesquisador, os imigrantes alemães, no passado, entraram em conflito com os nativos contratando caçadores de índios para exterminá-los.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.