VOLTAR

Índios tembés prendem 3 invasores da reserva

O Liberal
25 de abr de 1992

Há três dias, dois madereiros não identificados estão sendo mantidos em cárcere privado pelos índios Tembé, por terem sido descobertos atuando dentro da reserva do Alto Rio Guamá, onde vivem os índios. Uma equipe de funcionários da Funai, juto com quatro homens da Polícia Federal, já se dirigiram ao local para apurar a situação. Segundo a Funai, a informação foi dada pelos próprios índios, que disseram que só iriam liberar os reféns depois de tomadas as providências no sentido de coibir definitivamente a ação de madereiros na área. A reserva já há mais de uma década vem sofrendo invasões de posseiros e madereiros.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.