VOLTAR

Índios sequestram agricultores

Gazeta de Cuiabá-Cuiabá-MT
02 de set de 2003

Seis trabalhadores da Fazenda Brasncan, localizada no Vale Xapuri, em Apiacás, foram feitas reféns por cerca de 40 índios kaiabys. Armados com arco e flecha, além de armas de fogo, os índios invadiram a fazenda na sexta-feira e sequestraram seis das sete pessoas que estavam no local, inclusive, o gerente da fazenda, conhecido apenas como Léo.

Os reféns foram levados de barco para a aldeia Kaiaby, na divisa com o sul do Pará. Segundo informações do comandante do 8o Batalhão da Polícia Militar em Alta Floresta, Coronel Valdemir Barbosa, os índios desceram o rio por cerca de três horas até a aldeia. Eles querem que seja demarcada a terra aumentando a área territorial.

A Fazenda Brascan tem 75 mil hectares e faz divisa com a reserva. Moram na aldeia Kaiaby 130 índios entre homens, mulheres e crianças. Perguntando se o comandante teme pela vida dos reféns, o coronel Barbosa disse que pelo contato com o cacique Artur, os índios pareciam estar muito nervosos, ou seja; "Tudo pode acontecer", disse o comandante.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.