VOLTAR

Índios e seringueiros denunciam madeireiras

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
28 de mar de 1989

Um documento enviado por organizadores do I Encontro Nacional dos Povos da Floresta à Procuradoria-Geral da República, denuncia atividades de desmatamento, caça e pesca predatória, cometidas por empresas madeireiras em reservas extrativistas e indígenas. Ailton Krenak, presidente da UNI, afirmou que, para deter o desmatamento, os índios que participam do Encontro estão se preparando para adotar a técnica do "empate", criada por Chico Mendes.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.