VOLTAR

Índios do Rio são vacinados contra a gripe Influenza

Home page da Funasa - http://www.funasa.gov.br/internet/notFunasa.asp
07 de mai de 2009

Com a meta de vacinar 561 indígenas das aldeias do Rio de Janeiro contra a gripe Influenza, a Assessoria de Saúde Indígena da Coordenação Regional da Fundação Nacional de Saúde (Core/RJ) realiza esta semana a vacinação nos indígenas de Sapukai, Mamanguá, Rio Pequeno e Araponga, todas na região de Angra dos Reis e Paraty.

A vacinação começou pelo acampamento de Camboinhas, em Niterói, no último dia 27. Além deles, os índios da aldeia de Paraty-Mirim também já foram vacinados.

Além da vacinação, a Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena realiza um trabalho de conscientização quanto à importância da vacinação, a partir de apresentações e distribuição de folhetos.

Gestão - Durante reunião do Colegiado Regional de Gestão (Corege) da Core/RJ, no último dia 29, o chefe da Assessoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Asplin), Jorge Monteiro, apresentou para chefes de divisões e assessorias o índice de 88% de assuntos solucionados registrados, segundo a análise da matriz de gerenciamento de 2008, implantada desde abril. Por se tratar de uma ferramenta de gestão que acompanha mensalmente o desenrolar dos casos em busca de solução em todas as áreas, esse índice reflete a operacionalidade de desempenho da Core/RJ.

"Por meio da matriz de gerenciamento, o trabalho da Asplin propicia uma visão global de como está todo o comportamento funcional da Coordenação Regional quanto aos problemas e impasses administrativos, possibilitando uma melhor estratégia para a operacionalidade da nossa missão institucional", explica o coordenador regional Marcos Muffareg.

Além da análise de números, o Corege debateu a execução do orçamento de 2009; a situação atual da implementação do PAC; considerações sobre a iminente implantação do PlamSUS (Sistema de Planejamento, Orçamento e Monitoramento das ações do SUS); e assuntos gerais.

Na reunião, estiveram presentes os chefes das divisões de Engenharia de Saúde Pública, de Administração e de Recursos Humanos, além dos chefes das assessorias de Saúde Indígena, de Comunicação Social e Educação em Saúde e de Planejamento e Desenvolvimento Institucional.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.