VOLTAR

Índios deixam aldeias para trabalhar como bóias-frias

DCI
20 de out de 1983

Um grupo de 65 indígenas que vive em duas reservas no norte do Paraná chegou ontem a Brasilândia, no Mato Grosso do Sul, para trabalhar no corte de cana-de-açúcar durante dois meses.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.