VOLTAR

Índios de Minas também foram lesados

Folha da Tarde
23 de mar de 1968

O capitão Manuel dos Santos Pinheiro, do contingente da polícia rural da PM de Minas Gerais, declarou que os responsáveis pela venda ilegal dos imóveis pertencentes aos índios Maxakali serão processados, com base no inquérito que será concluído pela corporação. O inquérito está sendo acelerado para punir o mais rápido possível os latifundiários responsáveis pela dilapidação do patrimônio indígena.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.