VOLTAR

Índios da Terra Indígena Parque do Tumucumaque, no Amapá, preparam mapa cultural

Site da Funai
14 de jun de 2002

Os índios Tirió, Wayana, Apalai, Kaxuyana, que habitam as 33 aldeias situadas no interior da Terra Indígena Parque do Tumucumaque, estão participando da preparação do mapa cultural que identificará os locais e plantas utilizados pelas etnias indígenas. O mapa é resultado da parceria entre a Funai, a Associação dos Povos Indígenas do Tumucumaque - APITU e a organização não governamental americana The Amazon Conservation Team. Além dos recursos necessários, a ong americana está contratando dois cartógrafos brasileiros para acompanharem os trabalhos de pesquisa e o lingüista Sérgio Meira que já trabalha com os índios Tirió e domina sua língua.

Para iniciar o levantamento para o Mapa Cultural da Terra Indígena Parque Tumucumaque, que segundo pesquisadores é a área que menos sofreu impactos pela presença humana em todo o mundo, os indígenas receberam treinamento para agir como pesquisadores. Os chefes dos postos indígenas da Funai (PINS) estão participando da preparação do mapa e fizeram o treinamento. Agora, os índios se preparam para iniciar a visita de barco em todas as 33 aldeias e pesquisar os nomes, locais sagrados, áreas de pesca e de caça, uso da terra e plantas nativas. O lingüista Meira participará de todo a preparação do mapa, pois os índios falam muito pouco o português. Dada a proximidade com o Suriname, os índios dominam melhor o holandês do que o português.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.