VOLTAR

Índios: agressão à cultura

Jornal de Opinião, p. 3 (Belo Horizonte - MG)
21 de abr de 1991

A notícia trata do suicídio da indígena Tânia Gonçalves Garcia, da etnia Guarani Kaiowá, de 13 anos. Tânia tomou uma dose de Adril-40, veneno usado no combate às formigas. Foi o 75o suicídio ocorrido em dois anos na TI Dourados, no Mato Grosso do Sul, em resposta às violências praticadas contra esse povo. Além disso, a notícia aborda o caso dos Yanomami, cujo massacre continua, embora a opinião pública nacional e internacional tenha forçado o presidente Collor a iniciar, em 1990, uma operação destinada a impedir a invasão da TI Yanomami pelos garimpeiros. Muitos dos garimpeiros que saíram de lá, porém, têm migrado para as terras dos povos Karipuna de Rondônia e Uru-Eu-Wau-Wau.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.