VOLTAR

Índios acusados de plantar maconha atacam agentes da PF no Maranhão

Correio Braziliense (DF)
16 de mai de 1992

Os Guajajara justificaram o ataque dizendo que foram maltratados pelos policiais, que invadiram a aldeia Coquinho para checar denúncia de que os indígenas estavam cultivando maconha.
A Funai assinou um convênio com o Núcleo de Direitos Indígenas para a realização dos trabalhos de demarcação física da área indígena Kampa do Rio Amônea, no Acre.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.