VOLTAR

Índio vai à Justiça para poder pilotar

Correio Braziliense (Brasília-DF)
26 de fev de 1981

Segundo informou o deputado do PMDB de Alagoas, José Costa, Marcos Terena, com auxílio de um advogado designado pela CAB-DF, entrará com um mandato de segurança contra a decisão da Fundação Nacional do Índio (Funai), que exigiu sua emancipação caso queria ingressar no quadro de pilotos do órgão. A Funai ainda divulgou nota, em tom paternalista, alegando que seria de se esperar que Marcos manifestasse um mínimo de reconhecimento ao órgão tutelar. Em resposta à nota, Marcos Terena afirmou que todas as oportunidades concedidas pela Funai lhe eram devidas por direito.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.