VOLTAR

Indio acreano chefia organização internacional

A Gazeta- Macapá-AP
20 de jun de 2001

Índio acreano chefia organização internacional Pela primeira vez uma liderança indígena do Brasil e do Acre está chefiando a organização internacional que reúne nove países amazônicos e nove estados brasileiros da região amazônica na defesa dos direitos indígenas. O índio acreano Sabá Manchineri foi eleito dia 15 de junho em Letícia na Colômbia como coordenador geral da Coordenação das Organizações Indígenas da Bacia Amazônia (Coiaca). O índio acreano é o primeiro brasileiro que coordenará a organização internacional, com mandato para os próximos quatro anos. A indicação de Manchineri pelos delegados dos nove países que compõem a Ong se deu devido à sua participação atuante como membro do movimento indígena local, nacional e internacional. Manchineri disse estar orgulhoso por ser o primeiro brasileiro a ocupar o cargo nos 17 anos de existência da organização e garantiu que trabalhará para representar bem o Brasil e o Acre, seguindo as diretrizes traçadas por todos os países amazônicos. Dentre as principais metas a serem trabalhadas está a luta para que cientistas e pesquisadores não se apropriem indevidamente dos conhecimentos tradicionais dos povos indígenas. Como exemplo dessa tentativa de apropriação indébita dos conhecimentos dos povos da floresta, o líder indígena citou o caso de um norte americano que tentou patentear o chá ayashusca há cerca de três anos e teve sua iniciativa frustrada através de uma ação judicial.Acredito que nossa principal luta daqui para a frente será garantir essa apropriação clandestina dos conhecimentos indígenas, disse. Outra questão a ser tratada de forma urgente, segundo Manchineri, diz respeito à luta pela defesa da correta demarcação dos territórios indígenas na Amazônia, bem como a adoção de medidas visando evitar as constantes invasões por garimpeiros e madeireiros, a exemplo das que vêm ocorrendo em terras indígenas da Colômbia e em Roraima nas terras indígenas Raposa Cerra do Sol.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.