VOLTAR

Indígenas deixam da sede da Funasa em Cuiabá

Só Notícias
31 de mai de 2008

Os 100 índios que ocupavam o prédio da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em Cuiabá foram transferidos para a sede da Operação Amazônia Nativa (Opan) e para o Distrito Sanitário Especial Indígena de Cuiabá, localizado na rua Baltazar Navarros, bairro Bandeirantes. Um dos líderes do protesto, Paulo Sérgio Irantxe, fala que os índios desocuparam a Funasa, mas continuam mobilizados. Eles aguardam o comprovante do pagamento do débito da União com a Opan, responsável pela saúde indígena.

A reunião marcada para segunda-feira com os diretores da Funasa de Brasília também é outro fator para a permanência dos índios. Os manifestantes querem esclarecimentos sobre a redução dos investimento na assistência médica nas aldeias. O serviço reduziu devido a redução de R$ 45 milhões do orçamento da Funasa "Sabemos que o problema não é só no nosso distrito".

A Funasa garantiu que o repasse seria efetivado ontem, mas até as 16h os índios não tinham informações sobre o depósito. Paulo Sérgio diz que os indígenas estão desgastados. " Estamos mobilizados há 20 dias. Isto gera cansaço nos índios, mas não desistiremos facilmente. Se preciso chegaremos a Brasília".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.