VOLTAR

Índígena tem lugar na Comissão Nacional de Biodiversidade

Brasil Norte-Boa Vista-RR
08 de ago de 2003

A Wapixana Joênia Batista Carvalho é a primeira advogada indígena do País, formada em Direito pela Universidade Federal de Roraima

A indígena Joênia Batista Carvalho, da etnia Wapixana (RR), é uma das titulares da Comissão Nacional de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente (MMA). Joênia é bacharel em direito pela Universidade Federal de Roraima e assessora jurídica do Conselho Indígena de Roraima (CIR).

Como suplente, foi nomeado o sociólogo, Lúcio Flores, mestre em ciência da religião e professor da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).

A escolha de Joênia, que no final do mês passado esteve em Brasília participando do Seminário "Por uma nova Política Indigenista", promovido pela Funai, foi indicação da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), e, ratificado pelo MMA, através da portaria no 309, de 04 de agosto de 2003.

Joênia tem o apoio do CIR para ingressar na Comissão. "Me sinto honrada pela consideração de ser escolhida. A discussão da biodiversidade é importante e levarei a opinião e o interesse dos povos indígenas", declarou.

O coordenador do CIR, Jacir José de Souza, em carta de agradecimento enviada à Coiab, diz que "as conquistas de espaços que tratam de assunto importantes para os povos indígenas são frutos de uma atuação e articulação conjunta das organizações indígenas, por isso, é fundamental a participação de um representante na Comissão Nacional de Biodiversidade do MMA".

Advogada indígena

Joênia Wapichana é a primeira advogada indígena do Brasil. Formada em Direito (UFRR), atua como assessora jurídica do CIR desde o ano 2000. Nesses três anos participou de seminários, encontros, conferências na área jurídica, meio ambiente e causa indígena. No mês de fevereiro, defendeu a homologação da terra indígena Raposa Serra do Sol, em audiência da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA). Faz parte, desde a fundação, do Núcleo Insikiran da Universidade Federal de Roraima e ministra aulas de Legislação Indígena no curso superior de Licenciatura Intercultural

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.