VOLTAR

Índia karipuna assume Secretaria dos Povos Indígenas

Diário do Amapá-Macapá-AP
03 de ago de 2005

A índia karipuna Vitória Santos dos Santos, da Aldeia Santa Isabel, município de Oiapoque, é a nova titular da Secretária Extraordinária dos Povos Indígenas do Governo do Amapá. Ela foi empossada no cargo nesta terça-feira, 2, pelo governador Waldez Góes, em solenidade no Palácio do Setentrião. Vitória é a segunda indígena no Brasil a assumir uma secretaria de Estado. O primeiro foi Francisco da Silva Pinhatã, da etnia Ashaninka, que em 2003 assu-miu o cargo de secretário esta-dual dos povos indígenas no Estado do Acre. Vitória Santos substitui Raimundo Apóstolo Santana, que ficou um ano no cargo. A escolha do nome de Vitória Santos para assumir o posto foi indicado pelos próprios povos indígenas e ratificado pelo governador Waldez Góes. Na sexta-feira, 5, o governador estará na Aldeia do Manga (na região do Oiapoque) onde prestigia a solenidade de transmissão de cargo da nova titular da pasta. A Secretaria Extraordinária dos Povos Indígenas (Sepi), foi criada segundo ano da gestão Waldez Góes com a proposta de coordenar e articular as políticas públicas do Governo do Estado para as questões indígenas.

O governador anunciou que será exatamente essa a missão de Vitória Santos: trabalhar articulada com as lideranças indígenas em todo Estado e estreitar cada vez mais as parcerias com as instituições federais que tratam da questão indígena com a Fundação Nacional do Índio (Funai) e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Valorização - Waldez destacou que o Governo do Estado tem buscado ao longo dos últimos dois anos e meio , a va-lorização de todos os segmentos culturais e sociais do Estado. Ele citou que ano passado mais 127 índios se formaram no curso magistério. Os professores índios lecionam nas próprias aldeias. O governador fez questão de frisar que para a realização deste último concurso público para o quadro magistério ficou esta-belecido uma cota de vagas para funcionários que irão trabalhar nas aldeias indígenas. O concurso exige que o candidato tenha o domínio da língua portuguesa e da língua materna indígena. Além disso, completou o governador, "o governo tem valorizado e investido substancialmente para melhorar as condições das diversas etnias que vivem no Estado". Góes anunciou durante a solenidade que na próxima sexta-feira, 5, estará na Aldeia do Manga, fazendo a entrega de equipamentos para atender as comunidades indígenas de Oiapoque. Os equipamentos são: um caminhão (R$ 167 mil), uma caminhonete 4x4 (R$ 68 mil), duas voadeiras, uma de sete e outra de dez metros, motores de 40 HP (R$ 50 mil). Os equipamentos serão entregues pelo governador durante a cerimônia de transmissão de cargo do ex-secretário Raimundo Apóstolo à nova secretária Vitória Santos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.