VOLTAR

Incra quer ocupar área preservada

OESP, Nacional, p. A9
16 de jun de 2006

Incra quer ocupar área preservada

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) quer assentar 60 famílias de sem-terra na Fazenda São Luiz, na Serra do Japi, na Grande São Paulo, já vistoriada e declarada de interesse para compra. A vistoria ocorreu depois que a área foi invadida. Uma lei impede a vistoria até dois anos após a ocupação. A serra é Área de Proteção Ambiental (APA). A prefeitura de Jundiaí e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) irão à Justiça contra o Incra. Segundo o órgão, a agricultura familiar é compatível com a preservação ambiental em áreas já exploradas pela agricultura, caso da fazenda.

OESP, 16/06/2006, Nacional, p. A9

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.